"Sejamos a cada dia melhores, capazes, informados e mais humanos!"

Neste Blog iremos postar diversos trabalhos relacionados as práticas pedagógicas desenvolvidas no Ensino das Ciências, na Educação Básica. Nosso interesse é promover e compartilhar um leque de conhecimentos os quais consideramos relevantes para a formação e atuação dos profissionais da educação em relação a essa área de conhecimento, no contexto atual. Enfim, consideramos de fundamental importância para nossa formação e dos demais educadores, essa socialização de saberes, das diversas informações bem como da troca de experiências, promovendo assim a reflexão-ação-reflexão tão imprescindível ao desenvolvimento do profissional educador realmente comprometido com a construção de uma educação de qualidade na formação de sujeitos críticos.



por Lílly Siqueira.





Loading...

quarta-feira, 5 de maio de 2010

Desafios para o Ensino de Ciências

Pauta da 3ª aula de Ensino de Ciências, Profº Aldecy.
Atividade: Fazer leitura do texto " Desafios para o Ensino de Ciências "de Delizoicov e depois apontar alguns pontos principais.
Neste texto o autor discute os desafios do mundo contemporâneo, particularmente os relativos às transformações pelas quais a educação escolar necessita passar, cujos saberes e práticas tradicionalmente estabelecidos e disseminados dão sinais inequívocos de esgotamento. Assim sendo, o autor destaca no texto alguns desafios mais prementes como:1)superação do senso comum pedagógico: uma vez que o mesmo destaca que o professor ter domínio de suas teorias científicas e de suas vinculações com as tecnologias,são necessárias mas não o suficiente para um desempenho adequado. O professor não pode se reduzir apenas as conceituações, modelos e teorias científicas, ele tem que fazer um trabalho que favoreça a indesejável Ciência morta vista por muitos docentes. 2) Ciências para todos: Ele retrata que o desafio de pôr o saber científico ao alcance de um público escolar em escola sem precedentes não pode ser enfrentados com as mesmas práticas docentes das décadas anteriores ou da escola de poucos e para poucos. 3) Ciência e Tecnologia como Cultura: Neste tópico o autor fala que a própria concepção de ciência e tecnologia, acena para um conjunto de teorias e práticas culturais em seu sentido mais amplo, ou seja, em oposição à prática da ci~encia morta, a ação docente buscará construir o entedimento de que o processo de produção do conhecimento que caracteriza a ciência e a teconologia constitui uma atividade humana, sócio-historicamente determinada,submetida a pressões internas e externas.

Nenhum comentário:

Postar um comentário